Músculo deltóide na natação: técnica de crawl/crol


>



http://1.bp.blogspot.com/_lF189mMGKKI/TMG5RdOzuoI/AAAAAAAAAAo/emAUv0cRj90/s1600/2966322900_d0aa9ff819.jpg

No desporto de alta competição, a melhoria do rendimento desportivo decorre, principalmente, da melhoria dos métodos de treino e da melhoria da saúde e bem-estar do desportista. Tem-se tentado, cada vez mais, modificar os movimentos dos desportistas e o respectivo controlo motor, especialmente em desportos cíclicos e rítmicos dos quais a natação e a corrida são exemplos paradigmáticos (Clarys e Rouard, 1996). Segundo Clarys (1983), o padrão da acção muscular em natação pura desportiva (NPD) é um elemento muito importante, não podendo esta informação ser obtida simplesmente através de deduções anatómo-funcionais. Neste sentido, a investigação tem sido cada vez maior na área da biomecânica, na qual a electromiografia (EMG), tendo como objecto de estudo a actividade eléctrica muscular, se enquadra. A EMG tem sido usada por cientistas num vasto conjunto de áreas, que vão desde a Anatomia, à Reabilitação, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Medicina, Odontologia, Psicologia, assim como no Desporto e Educação Física. Mais especificamente na NPD, segundo Wakayoshi et al. (1994), a EMG tem sido utilizada para descrever os aspectos da participação muscular e analisar e/ou avaliar variações nas técnicas de nado. No entanto, com a EMG é também possível estudar a técnica e a coordenação intramuscular durante a realização dos movimentos, assim como validar meios de treino, sendo estes alguns dos aspectos que nos despertaram interesse para a realização do presente estudo.

    De entre os métodos utilizados pela biomecânica para abordar as diversas formas de movimento, i. e. a cinemetria, a dinamometria, a antropometria e a electromiografia (Winter, 1991), a EMG é aquele que apresenta condições para a realização de estudos da dinâmica muscular, ou seja, do estudo da função dos músculos. A EMG baseia-se num princípio estabelecido há mais de 200 anos por Galvani (Basmagian e DeLuca, 1985): um músculo-esquelético, quando estimulado electricamente, contrai-se e, por outro lado, produz corrente eléctrica quando se contrai voluntariamente. Na biomecânica, a EMG, é o único método directo de avaliação não intrusiva que permite determinar directamente parâmetros biomecânicos internos do corpo humano durante o movimento (Ervilha et al., 1999). Sendo que nadar o mais rápido e economicamente possível é um dos principais objectivos em NPD (Chatard et al., 1990), o que implica uma maior eficiência propulsiva e um menor arrasto (Vilas-Boas, 1997), torna-se muito importante estudar aspectos biomecânicos do nadador de forma a minimizar os erros técnicos que influenciam diretamente o seu desempenho.

    O objetivo principal deste estudo consiste na caracterização do padrão electromiográfico do músculo deltóide nos diferentes tipos de recuperação dos membros superiores (MS) na técnica de crol, nomeadamente no padrão de recuperação rectilínea (PRR) e no padrão de recuperação lateral (PRL).

Saiba mais sobre esse estudo clicando aqui



Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment