Lesões mais frequentes no Futsal


>



As lesões nos membros inferiores são as mais frequentes no futsal.

Decorrente da prática deste tipo de futebol, há dois tipos de lesões: as traumáticas de carácter agudo e as de sobrecarga.

As agudas resultam sempre de um episódio traumático súbito e fortuito e o seu diagnóstico habitualmente é quase imediato.

Exemplos destas lesões são, as entorses do joelho, do tornozelo e do médio-pé, as fracturas da tíbia, da clavícula, da rótula e do antebraço, a rotura do menisco e do ligamento cruzado anterior, a luxação da articulação acrómio-clavicular e a do ombro, as fracturas dos ossos da face, a concussão crâneo-encefálica, os hematomas intra-musculares, o higroma rotuliano, etc.

Por seu lado as lesões de sobrecarga, que são mais frequentes do que as anteriores, têm um processo de instalação mais subtil, evoluem lentamente no tempo, não permitindo frequentemente estabelecer o diagnóstico com facilidade e também não possibilitado uma resposta terapêutica com efectividade acelerada. Resultam fundamentalmente de microtraumatismos de repetição sobre os tendões e músculos, os ossos e as articulações.

Exemplos destas lesões são, a tendinose do rotuliano, as tenovaginites do tibial anterior, do Aquiles e dos isquio-tibiais, a doença da cartilagem da rótula, as fracturas de fadiga do pé e da tíbia, o sindroma compartimental da perna, a isquialgia, a pubalgia, etc.

Lesões mais frequentes no Futsal Lesões mais frequentes no Futsal Revisado by Faça Fisioterapia on 05:04 Nota: 5