Fisioterapia 24 horas de olho na seleção de Judô


>




imagem

A seleção brasileira de judô possui um departamento de fisioterapia onde cada pequeno detalhe é fundamental para o sucesso dos judocas. Num esporte onde o contato faz parte da rotina e cada vez mais o calendário internacional cresce, a recuperação, tratamento e acompanhamento é feito praticamente 24 horas por dia. Seja em treinamentos ou competições.

"Os tipos de fadiga que são causadas no treinamento são diversos. E a importância da fisioterapia é ficar o tempo todo próximo ao atleta. Durante o treino de tatame para dar suporte de lesões traumáticas, após com alongamentos e manobras de massagem e, na parte da tarde, depois do almoço, tratamento clínico por conta das micro-lesões. A noite, voltamos a trabalhar com os atletas. São quase 24 horas de prevenção, recuperação e análises clínicas", explica a fisioterapeuta da seleção brasileira Roberta Mattar.

Além de Roberta Mattar, integram a equipe da Confederação Brasileira de Judô, Fábio Minutti, Júlio Barrichello, Thiago Takara e Camila Oliveira, além de Peter Strubreiter, que cuida da massoterapia. Gláucio Paredes, na foto ao lado de Minutti e Roberta, faz parte da equipe militar e colabora com a CBJ nos eventos.

Em competições, o tempo é curto para recuperação dos atletas. A ação rápida é fundamental. A crioterapia, técnica de aplicação de gelo, é a grande aliada.

"A crioterapia pode funcionar como varredura para uma recuperação muscular. Ter raciocínio rápido para descobrir qual técnica escolher é essencial, pois é preciso repor rapidamente a musculatura sadia", afirma Roberta. 

Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment