As redes sociais e sua influência nas lesões esportivas








Vejo diariamente nas redes sócias, como Facebook e Twitter, muitas dúvidas, dicas, truques, macetes e mandingas sobre treinamentos. Como aumentar o rendimento, como recuperar uma lesão causada pela corrida, dicas de tratamentos, são alguns dos tópicos discutidos.

Por mais que a Internet seja uma ótima fonte de consulta, muitas pessoas a utilizam de forma incorreta. Claro que existem várias opções de assuntos, inclusive sobre tudo o que foi descrito acima. Mas cabe a vocês atletas saberem o que pode lhes ajudar ou não.

Vamos a alguns exemplos:

  • Caso 1. Atleta diz: preciso procurar um médico, minha canela dói durante a corrida e não consigo terminar meu treino, tenho que parar na metade ou às vezes assim que começo a correr.

    Resposta de um amigo: deve ser coisa passageira, espera mais um pouco que vai passar, ou para de correr alguns dias que a dor diminuirá.

    Minha dica: sim, concordo com a resposta do amigo, o atleta parando de correr com certeza a dor irá passar, mas afirmo com total certeza que em seu primeiro dia de treinamento esta dor irá voltar, aliás, voltará mais forte. O tratamento desta lesão inclui uma visita ao seu ortopedista de confiança, conversar com seu treinador (lembrando que ainda muitos praticantes de corrida de rua treinam sem orientação) e realizar a famosa "fisioterapia".

    Todo este tempo que você ficou parado (a) devido a este incomodo, a sua lesão se tornou crônica e seu tratamento irá demorar um pouco mais.

  • Caso 2, atleta diz: sinto uma dor no joelho, bem abaixo da rótula (patela). Dói quando estico a perna, ou quando fico por muito tempo com as pernas dobradas. Fui ao médico e ele disse que estou com uma tendinite patelar devido a um overtrainning. Ele pediu que eu ficasse um mês sem correr e iniciasse tratamento.

    Resposta do amigo: nossa, e agora, como você vai ficar sem treinar? Sabe o que você faz, eu tive isso aí uma vez. Sai para pedalar, faz natação que logo isso passará.

    Vamos ao contexto: se o problema causador da tal tendinite patelar foi diagnosticado como sendo overtrainning (excesso de treino) o atleta terá que parar com toda e qualquer atividade relacionada com a região afetada, neste caso o joelho. Com certeza ele poderá e deverá fazer um treino, mas de membros superiores ou até mesmo de abdômen, para não perder completamente o condicionamento físico.

    Fica a dica para todos vocês leitores que a qualquer sinal de dor, converse com seu treinador, procure orientação especializada com um médico, de preferência do esporte e inicie um tratamento. Com certeza seus dias sem a corrida serão os menores possíveis.

    Todas as histórias acima são reais e acontecem diariamente nas famosas redes sociais.

  • Por David Homsi


    Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

    Quer anunciar neste blog?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

    Quer sugerir uma pauta?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

    Tenho indicações para você apofundar seus estudos na Fisioterapia Dermato-Funcional. Espia só:
  • Curso online Massagem Desportiva
  • Drive Virtual de Fisioterapia Desportiva, apenas R$ 7,90
  • Eletrotermofototerapia - Curso com Prof. Dr. Thiago Fukuda
  • Combo Joelho e Quadril - Cursos Online
  • Curso Online de Fisioterapia Desportiva


  • Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.