Como funcionam os protetores esportivos


>




A principal finalidade dos acessórios é proteger as articulações e os músculos. 

De acordo com os fabricantes, sua utilização é indicada para uso ortopédico ou para a prática esportiva, auxiliando na recuperação de lesões por meio da compressão e retenção do calor corporal. 

No entanto, esta indicação só pode ser feita por um profissional, pois seu uso inadequado pode ser determinante para o agravamento de uma lesão, podendo até virar um caso cirúrgico. 

Uma das grandes armadilhas dos protetores é justamente a sensação de segurança que provocam. Por serem feitos de tecidos elásticos, eles comprimem os vasos sanguíneos e dificultam a irrigação nas articulações, afetando as noções de força, equilíbrio e espaço do corpo. Dessa forma, o sujeito fica muito mais suscetível a tombos e torções. 

O segundo perigo é o risco de uma nova lesão. "O acessório tira a sensibilidade do local lesionado, o que gera a falsa sensação ao corpo de que o problema não existe mais. Quando a utilização do acessório é suspensa, qualquer movimento pode causar o retorno ou ainda o agravamento da lesão", explica o fisiologista do exercício Paulo Correia, da Unifesp. 

Como funcionam os protetores esportivos Como funcionam os protetores esportivos Revisado by Faça Fisioterapia on 06:59 Nota: 5